Wednesday, October 01, 2008

"A maior parte dos meus desenhos obedece a um fim preciso: encontrar a Forma que responda à Função e da função se liberte - e do esforço - abrindo-se imprevisível destino.
Simultaneamente ou não, "ao lado", surge outro desenho.
Desenho de prazer, de ausência, de repouso, cruza-se com o outro, pois de nada nos alheamos por inteiro.
Um e outro podem surgir na mesma folha de papel, aparentemente estranhos, voluntária ou involuntariamente relacionados.
Pode um retrato minucioso ou um risco ao acaso iluminar no instante a paciente pesquisa, percorrendo os corredores da memória, sem que haja apelo ou consciência disso.
Desenho é projecto, desejo, libertação, registo e forma de comunicar, dúvida e descoberta, reflexo e criação, gesto contido e utopia.
Desenho é inconsciente pesquisa e é ciência, revelação do que não se revela ao autor, nem ele revela, do que se explica noutro tempo.
Liberto, o outro desenho conduz ao desenho consciente."
Álvaro Siza

No comments: